Gestão hospitalar: 5 Dicas para te ajudar + planilha

Gestão Hospitalar - Excel coaching

Na maioria das vezes, não queremos nem ouvir a palavra hospital, em grande parte dos casos significa que você não está bem ou que irá ter que acompanhar alguém que está em uma condição ruim.

 

Mas, para alguns, a palavra hospital é interpretada de maneira diferente.

Um gestor hospitalar exerce uma função vital, sendo um dos pilares por manter o hospital funcionando corretamente. Cuidando de quase todos os recursos disponíveis (financeiros, humanos, logísticos e sanitários).

Além de é claro ser responsável pelos processos internos, segurança e sobre os serviços prestados aos seus pacientes!

Além de manter o controle dos equipamentos, insumos e manutenção de toda a infraestrutura.

Como você já pode imaginar, o trabalho de um gestor hospitalar não é nada fácil, nesse artigo vamos dar algumas dicas para facilitar o seu trabalho (além de um bônus) no fim da sua leitura.

Pense duas vezes

Por estar lidando com um ambiente um pouco diferente de uma simples empresa, você deve ser um pouco mais calculista e analisar as situações com mais calma.

Seu dever é identificar quais os problemas o hospital enfrente e encontrar qual solução consegue resolver os problemas com mais facilidade.

Não se esqueça que você está lidando com pessoas a todo o momento, nada de fazer decisões de cabeça quente, sempre foque em analisar os dados que você possui para chegar em uma resposta mais assertiva.

Liderança também é importante

Uma das funções mais importantes de qualquer gestor é ser um líder quando necessário! Você precisa estar a frente de qualquer possível imprevisto e possa acontecer.

Além disso, você deve servir como exemplo e inspiração para outros colaboradores, foque menos no “micro” e mais no “macro”, seu objetivo é orientar, delegar e ajustar tudo o que possa parecer incomum.

Organização

Você precisa ter organização em quase tudo o que for fazer, principalmente na gestão hospitalar!

Seu trabalhado deve ser construído com qualidade máxima, demonstrando segurança e eficiência.

Por ter que manter o controle de vários setores juntos (financeiro, logístico e o de limpeza) é interessante pedir um pouco de ajuda da tecnologia nesse caso.

Ferramentas e softwares de gestão são uma excelente forma de manter um ambiente organizado.

Firme, porém flexível quando necessário

Como dissemos antes, gestão hospitalar não é nada fácil!

Afinal, não fomos feitos para manter nossos sentimentos a flor da pele. Por isso é importante ressaltar, você ira enfrentar momentos delicados, e vai precisar ter um bom jogo de cintura, não é possível controlar tudo o tempo todo.

Afinal de contas, o gestor também é humano. Não se esqueça de respeitar a individualidade de cada um. Cada situação é única, por isso não generalize as coisas. Respeite seus colaboradores e pacientes como indivíduos.

Fale menos, escute mais

Independente se a instituição que você trabalha é pública ou privada, você precisa estar atento aos feedbacks da sua equipe/pacientes!

Se algo já foi dito inúmeras vezes, talvez seja o momento de dedicar um pouco de atenção. Também é interessante investir em pesquisas periódicas, sempre esteja aberto a criticas e sugestões!

 

Como vimos, trabalhar com gestão hospitalar não é nenhum monstro de 7 cabeças, porém você precisa estar preparado.

E para isso, precisa das melhores ferramentas ao seu lado. Pensando nisso criamos a planilha para gestão hospitalar!

Entenda quais são os indicadores principais e tenha controle diretamente no seu computador!

Planilha de indicadores para gestão hospitalar: https://excelcoaching.com.br/produto/indicadores-hospitalares/

One thought on “Gestão hospitalar: 5 Dicas para te ajudar + planilha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá,
Podemos Ajudar?
Powered by