Como se faz o controle de estoque?

Como se faz o controle de estoque
Como se faz o controle de estoque
O controle de estoque é essencial para o sucesso das pequenas empresas. No entanto, em muitas empresas, essa gestão é ignorada por simples ignorância dos princípios básicos da boa governança.
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Como se faz o controle de estoque?

 

O controle de estoque é essencial para o sucesso das pequenas empresas. No entanto, em muitas empresas, essa gestão é ignorada por simples ignorância dos princípios básicos da boa governança.

A falta de atenção nessa área é um grande erro que pode atrapalhar a estrutura de uma empresa. Afinal, controlar os estoques é um dos alicerces, mantém os resultados positivos, garante a eficiência do negócio e reduz custos e perdas.

Mas o que significa ter uma planilha de controle de estoque? O objetivo é monitorar os dados armazenados para garantir que os requisitos sejam atendidos sem perdas ou desperdícios indevidos.

Nesse processo, é importante perceber que os bens não passíveis de circulação são dinheiro fixo, situação que afeta diretamente o capital de giro.

Quais os benefícios e para que serve um bom controle de estoque?

 

Além de organizar o seu espaço físico, a gestão através de uma planilha de controle de estoque serve para melhorar a estrutura da sua empresa como um todo. Essa tarefa torna muito mais fácil gerenciar uma parte significativa de seus ativos e também torna suas operações mais sólidas e precisas.

Por exemplo, considerando vários pontos de distribuição, as operações tendem a se tornar mais complexas.

No entanto, mesmo que o trabalho pareça maior e extenuante, se não for feito (ou feito de forma errada), pode causar danos que são difíceis de evitar no futuro. Essas perdas podem até custar caro para os administradores e para a sociedade em geral.

 

Como montar uma planilha de controle de estoque?

 

Veja o que não pode faltar em sua planilha para controle de estoque:

● coluna de entrada;

● coluna de saída;

● Código do produto;

● descrição;

● unidade;

● Insira a data: dia, mês e ano;

● Anote o número de unidades;

● Anote o preço de cada unidade;

● Insira o nome e o contato do fornecedor.

As informações sobre dados, quantidade e valor devem ser registradas em sua planilha de controle de estoque entrada e saída de produtos. Neste último caso, também é adequado indicar o motivo pelo qual as mercadorias deixaram a composição.

Vale ressaltar também que a quantidade pode ser descrita pelo número de unidades, que varia de acordo com a natureza da mercadoria em estoque.

Outro conselho importante diz respeito ao preenchimento dos campos principais da tabela: o cadastro deve ser feito no momento da aceitação dos itens e o check-out é feito de acordo com os requisitos para a escolha do material.

Essa saída de estoque não se limita ao processo de venda, mas também a perdas potenciais, como perdas de manuseio, produtos vencidos, itens danificados ou até mesmo roubo.

Portanto, ao criar uma tabela de planilha para controle de estoque, é importante ter em mente a praticidade de seu processamento diário, uma vez que deverá estar em constante atualização (de preferência em tempo real).
Ou seja, esteja preparado para estar atento a esta importante ferramenta de controle e tratar com rigor as informações nela registradas.

Gostou do nosso conteúdo? E não se esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Planilhas Prontas:

Precisa de uma Planilha Excel Personalizada?

Nos fazemos para Você

Pra quê Pagar Sistema Caro? Mensalidade? Suporte?

Se

Uma Planilha Resolve

Planilhas Prontas com Suporte e Garantia

Planilhas são Práticas e tem Baixo Custo

Ganhe tempo e Economize Dinheiro

Financeiro

Logística

Vendas

Abri Chat
1
Chame aqui! WhatsApp das 07:00 as 22:00
Olá,
Podemos Ajudar? atendemos no WhatsApp das 07:00 as 22:00