6 dicas para cortar os custos da sua empresa.

Cortar custos da empresa
Como cortar custos da empresa.
1 a cada 4 empresas fecham no primeiro ano de funcionamento.

O mercado muda a cada dia, empresas surgem com novas soluções, tecnologias mudam a forma fazer negócio, as crises econômicas criam e destroem empresas diariamente, falta de recursos, excesso de trabalho e impostos altos, a vida de empreendedor no Brasil realmente não é fácil.

Manter o crescimento de uma empresa, é algo que poucos conseguem, afinal, é necessário ter o famoso “sangue nos olhos” para continuar seguindo em frente. Todo empreendedor precisa ser um ótimo gestor, marketeiro e vendedor.

Ter uma empresa rentável não depende só de faturamento e vendas, é necessário cortar custos em algumas vezes, tirar o excesso e focar em ter uma empresa menor, mas que executa os processos com maior velocidade e menos gastos.

Como a especialidade do brasileiro é pedir desconto, criamos essa lista com 6 dicas para você reduzir também os custos da sua empresa.

  1. Faça analises periódicas

É sempre necessário estar a frente de tudo o que acontece na sua empresa, e para isso, faça inspeções mensais, tenha certeza que está tudo funcionando como deve.

80% das empresas acabam tendo gastos superiores ao seu orçamento, justamente porque não fazem analises das suas contas, tudo deve ser registrado, lembre-se o que não é medido, não pode ser melhorado, todos os gastos com marketing, vendas, clientes, contas a pagar, deve ser registrado.

Uma boa analise vai permitir que o gestor entenda quais são as áreas que estão gastando mais recursos, com essas informações, é possível encontrar a melhor estratégia para fazer uma boa redução de custos.

  • Aprenda a pedir desconto

Além de ser um empreendedor, você também é um comprador. Precisa entrar em contato com seus fornecedores e realizar algumas otimizações. Você tem certeza o seu fornecedor atual consegue atender sua demanda e entregar bons preços?

Na maioria das vezes é interessante manter um contrato de fidelidade com um fornecedor, você tem alguns descontos e até oportunidades únicas, dependendo do acordo que sua empresa tem, mas é sempre importante estar atento ao mercado, sua empresa merece o melhor.

Só não se esqueça de focar na qualidade, sempre. Não é interessante trocar de fornecedor pelo preço, e perder clientes por estar entregando um produto ou serviço com qualidade duvidosa, lembre-se de sempre ouvir o seu cliente.

  • Aprenda com as startups

Com a evolução de internet, milhares de pessoas tiveram a oportunidade de criar negócios novos, sem a necessidade de ter um espaço físico, ou um estoque gigante, pequenos grupos de empreendedores focam em entregar uma experiência cada vez melhor ao cliente, gastando menos e otimizando os processos.

As startups são um exemplo de crescimento com pouco orçamento!

Focadas em inovar em suas soluções, elas procuram a melhor maneira de entregar um resultado, usando toda a tecnologia disponível, diminuindo custos e cortando gastos desnecessários.

A cultura das startups ensinou muito ao mundo corporativo padrão que não é necessário ser gigante para causar um impacto gigante. Um dos melhores exemplos é o famoso nubank, está se tornando uma das maiores fintechs do Brasil.

E qual a lição mais importante que uma startup como o nubank pode te ensinar?

Mais é menos!

Aprenda a diminuir o número de horas trabalhadas e ainda sim entregar o mesmo resultado, use todas as ferramentas a sua disposição criar uma escala maior, você vai encontrar maneiras de fazer o mesmo trabalho, com menos funcionários e por menos tempo.

  • Vender, vender, vender

Em alguns casos específicos, aumentar o número de vendas também pode ajudar na manutenção dos gastos. Investir em bons profissionais é sempre uma ótima opção, aliado com uma remuneração atrativa, um bom vendedor pode mudar o rumo de uma empresa.

Não se esqueça que uma andorinha não faz verão, é necessário investir em treinamentos para sua equipe de vendas e gestão, cultivar um profissional de alto desempenho não é barato, porém o retorno que você tem no longo prazo é muito maior.

  • Invista em novas tecnologias

Cortar custos não é somente diminuir os gastos da sua empresa, investir em novas tecnologias pode aumentar seu tempo de produção e diminuir seus gastos, empresas que não se desenvolvem vão ficar para trás.

Ano após ano, novas empresas criaram mercados que não existiam, netflix, uber são grandes exemplos da modernização.

  • Terceirização é uma opção

Ah, os processos trabalhistas! Fonte de muita dor de cabeça para pequenas e médias empresas, para não correr esse risco no futuro, é importante ficar atento as regras da legislação.

Se a sua empresa está no vermelho, ou se está precisando cortar gastos urgentemente, sempre procure terceirizar novos profissionais, ou inclusive contratar pessoas através do trabalho remoto.

Mesmo não sendo muito explorado no Brasil, a contratação remota tem crescido muito nos últimos anos, com ela você tem a possibilidade de contratar ótimos profissionais com um custo melhor, diminuindo gastos como VR, VT e alguns custos físicos.

No fim, o empreendedor brasileiro sempre deve estar atento as novidades do mercado, ser mais produtivo e sair da sua zona de conforto.

Conheça as nossas planilhas para gestão financeira.

Planilha de controle financeiro, com fluxo de caixa e DRE:
https://excelcoaching.com.br/produto/planilha-controle-financeiro-fluxo-de-caixa-dre-planejamento-financeiro/

Planilha fluxo de caixa com DRE e dashboard:
https://excelcoaching.com.br/produto/planilha-fluxo-de-caixa-com-relatorio-graficos-e-macros/

Planilha calculo do ponto de equilíbrio:
https://excelcoaching.com.br/produto/ponto-de-equilibrio/

1
Olá,
Podemos Ajudar?
Powered by