Como ser um bom gestor? Confira 7 dicas que irão fazer a sua carreira explodir!

Você é um bom gestor? Quer saber como melhorar a sua gestão? 

Então eu te garanto, esse artigo foi feito pra você!

Meu amigo gestor ou gestora, eu sei que a vida não é nada fácil quando falamos de gestão, principalmente se você é um gestor iniciante. Os problemas mais diversos, as situações mais difíceis geralmente são dadas ao gestor.

Preparo, estratégia e planejamento são só algumas das qualidades de um bom gestor, na verdade, se você realmente deseja ser o melhor gestor da sua empresa, você deve seguir esses passos:

  1. Não acredite em fórmulas mágicas.

O seu primeiro erro é acreditar em um passo a passo. Nós somos atraídos pela simplicidade das coisas, contudo, para um gestor, nada é tão simples.

Preto no branco, certo ou errado são apenas algumas maneiras de enxergar a realidade a sua volta. O seu trabalho é analisar os fatos, escolher um ponto de vista e aceitar as consequências da sua decisão.

O PIOR erro que um gestor pode cometer é não se comprometer com a sua causa (empresa) que está vinculado. Erros vão acontecer, então, o seu trabalho como gestor é minimizar esses erros e ampliar os acertos.

Esqueça o EGO, as fórmulas mágicas e métodos milagrosos, o seu trabalho é feito com muita observação, estudo e prática (skin in the game).

  • Skin in the game.

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço. Eu tenho tenha certeza que todo gestor já ouviu essa frase, aliás, quase todo mundo já ouviu isso quando era criança.

Uma das piores frases, ainda mais para o mundo corporativo, principalmente se você ocupa cargos de liderança.

O gestor deve ensinar com o exemplo, não com discursos motivacionais. Isso é uma perda de tempo, para você e seu colaborador. Se deseja que algo seja feito de uma forma diferente, seja você o primeiro a fazer dessa forma.

Um bom gestor deve ser visto como uma figura de liderança e inspiração para os seus. Se você diz algo, mas é o primeiro a fazer diferente, dificilmente terá respeito em seu ambiente de trabalho.

O popularizado skin in the game, tem o mesmo conceito.

Suas ações vão falar muito mais alto do que o seu discurso. 

Aliás, seu colegas vão prestar muito mais atenção no que você faz. Você não pode cobrar algo se você mesmo não segue suas próprias instruções.

Skin in the game é isso, é aprender que você deve seguir seus próprios conselhos, colocar o seu “pescoço” na linha de frente. Pratique o que você faça.

  • Otimizar processos.

Além praticar o que fala, um bom gestor deve, antes de mais nada aprender a otimizar processos. É muito simples manter um desempenho X, o mais difícil é buscar melhores resultados todos os meses.

A zona de conforto mata a evolução de um gestor. 

Principalmente se você está na mesma empresa a muito tempo, tudo vai se tornando parte da rotina, você se acostuma com os processos, entende quais são os gargalos e o dia a dia fica muito mais simples.

E esse é o problema. Você sabe que poderia estar trabalhando muito mais. Sabe que aquele processo poderia ser feito de forma mais barata, mais rápida, ou até mais útil.

Todavia, grande parte dos gestores perdem seu tempo trabalhando da mesma maneira durante décadas. Eles seguem o guia, aprendem um processo, evoluem naquela empresa e depois que aprendem a controlar o ambiente, eles encontram a zona de conforto.

Nela, eles param de aprender, se prendem a processos antigos e perdem o brilho no olho. Até que, em um certo dia, são substituídos por alguém mais novo e inexperiente, que contudo, tem o brilho e a garra que ele mesmo não possui mais.

Você não pode deixar que isso aconteça com você.

A sua garra, o famoso “sangue nos olhos” devem ser parte da sua rotina. Não se esqueça que, como gestor, o seu trabalho é trazer a organização e a inspiração para colegas.

Salvo que, fazer o seu trabalho com excelência não é uma habilidade, e sim um hábito. Seja frequente e principalmente disciplinado na hora de trabalhar.

  • Consistência é a mãe da alta performance

Sabe, é normal falhar, nós somos humanos, não estamos produtivos a todo momento ou aptos a entregar ótimos resultados todos os dias, contudo, existe uma coisa que determina se você vai conseguir entregar um bom trabalho ou não.

A disciplina.

Esqueça tudo o que você conhece sobre motivação, trabalho e gestão. Somente a disciplina pode mudar o teu jogo. Hacks de produtividade, acordar às 4h da manhã, nada vai te ajudar se você não tiver a disciplina diária para manter a frequência.

Não é a motivação barata, não são os gurus de alta performance, é o foco, a disciplina diária de fazer pequenas ações, que ao longo prazo, vão te entregar um resultado frequente!

Lembre-se: O homem que tenta pegar dois coelhos acaba ficando sem nenhum!

Ou seja, o seu foco deve ser em um única coisa apenas. Como gestor, o seu trabalho é direcionar as pessoas certas para conseguir a maior taxa de assertividade possível.

E falando em foco…

  • Aprenda a delegar 

Porque delegar é tão importante? Simples, ninguém consegue fazer tudo sozinho.

Não importa o quão bom você seja, é absolutamente impossível jogar em todas as pontas, além de ser um grande desperdício de dinheiro.

Um bom gestor É OBRIGADO a saber delegar. Delegar não é somente escolher as melhores pessoas para uma determinada tarefa, delegar é um ato de liderança. 

O crescimento de qualquer negócio depende da estrutura dos seus colaboradores. 

Delegar não é uma opção, e sim uma necessidade.

Cada núcleo da sua empresa precisa de um especialista para se manter em ordem, não é possível manter a casa arrumada quando você não tem alguém com autoridade.

Além disso, delegar te dá tempo. Tempo para pensar em novas estratégias de venda, otimizar processos e melhorar o CHURN da sua equipe.

Não seja o “fominha”, alguém que acredita que a empresa só funciona quando ele está trabalhando. Coloque pessoas boas, até melhores do que você para manter um ambiente saudável e próspero.

Salvo que, se você fizer isso, terá mais disponibilidade em atividades que precisam do seu foco, principalmente quando falamos no crescimento!

  • Aprenda a lidar com o ser humano

Tão simples e tão complicado, tudo ao mesmo tempo.

Tenho certeza que você leitor já teve um gerente, gestor, diretor ou chefe que não gostava. Contudo, você aguentou firme, afinal, precisava do trabalho.

O maior problema é que no fim do dia, 90% dos gestores não entendem que, a maior parte do seu trabalho é lidar com pessoas (pessoas que, estão ligadas a uma determinada emoção, 24 horas por dia).

Trabalhar parece algo tão simples, afinal tudo o que você tem que fazer é acordar cedo, ir para o trabalho, fazer o que deve ser feito e voltar para casa.

Uma simplicidade que até assusta, mas que, se olhada de outra maneira, revela como somos mais complexos do que imaginamos.

Olhe só para si mesmo. Quantas vezes você sabia que deveria ter dormido mais cedo? Seja a cerveja na quarta a noite, a pizza de madrugada, ou o vício no Netflix, você sabia quais seriam os resultados, entretanto, optou por prosseguir.

E quais foram os resultados?

Talvez uma ressaca, ou quem sabe o fato de você ter perdido a hora e ter entrado duas horas mais tarde!

A realidade é que, nem sempre estamos motivados. Não são todos os dias que você irá entregar planilhas maravilhosas, muito menos ser o mais produtivo do seu escritório.

A sua responsabilidade como gestor é entender como funciona a mente humana. Nem tudo é preto no branco. Se precisar escolher entre um gênio ou alguém leal, sempre escolha a lealdade.

Seja um bom observador, saiba quem trabalha da melhor forma, porque ele entrega os melhores resultados e como você pode fazer para tirar mais resultados da sua equipe como um todo.

Todos nós temos pontos fortes e fracos, mas, como gestor, o seu trabalho é criar uma equipe que onde cada indivíduo seja um complemento, cada um deve ter uma habilidade única que faz aquele time e a sua empresa prosperarem. 

Lembre-se, por melhor que aquele futuro colaborador possa ser, qualquer habilidade pode ser aprendida e melhorada! O trabalho duro vence o talento, quando o talento não trabalha o suficiente!

  • Não seja uma pedra de gelo.

Como dito no texto acima, você precisa entender muito mais de PESSOAS do que de negócios para ser um bom gestor. Sobretudo se você deseja ser um ótimo gestor.

Eu sei, cada gestor tem uma maneira de repreender o parabenizar o seu time, o ponto é que, você deve deixar bem claro quando a sua equipe faz algo de errado, portanto, você deve deixar mais claro ainda quando eles acertam.

Um colaborador precisa de um líder e não de um chefe! Igualmente um “marujo precisa do seu capitão”, você deve direcionar muito bem os seus.

Tome cuidado com os excessos, você não quer ser visto como o chefe mais amoroso do mundo mas também ninguém precisa de um carrasco.

Seu time deve te respeitar, acima de tudo, como o gestor e líder. Amigos amigos, negócios à parte. Se você precisar ser duro em algum momento, explique o motivo, não dê broncas aleatórias e não seja o tipo de líder que é temido.

Contudo, também não faça o uso da postura passivo-agressivo, ou você pode ser visto pela sua equipe como o imprevisível.

Seja sempre o mais claro possível, NUNCA mande alguém fazer algo sem uma meta final definida.

Nada de passar dias ou semanas pedindo um relatório ou buscando a confirmação de um pedido. Tenha uma lista de performance e anote como cada integrante da sua equipe está performando.

No final, um bom gestor deve, antes de mais nada, ser compreensivo, incisivo e determinado quando necessário. A figura do líder é um dos principais pilares para a prosperidade do seu time.

E é claro, se você realmente deseja ter bons resultados na sua gestão, não deixe de conferir nossas planilhas para gestão, fluxo de caixa e RH.

https://excelcoaching.com.br/produto/planilha-controle-financeiro-fluxo-de-caixa-dre-planejamento-financeiro/

Abri Char
1
Chame aqui! WhatsApp das 07:00 as 22:00
Olá,
Podemos Ajudar? atendemos no WhatsApp das 07:00 as 22:00