3 dicas para alavancar seus relacionamentos – PNL

A PNL mudou a vida de muitas pessoas e pode mudar a sua.

Você tem vontade de aprender como melhorar a qualidade de seus relacionamentos?

Diminuir a quantidade de conflitos e ter maior aceitação das suas ideias?

Pois bem, a Programação Neolinguística pode te ajudar a alcançar altos níveis de sucesso nos relacionamentos.

Mas o que é Programação Neurolinguística?

A Programação Neolinguística ou PNL foi criada por Richard Bandler e John Grinder na Califórnia, Estados Unidos na década de 1970.

Seus criadores da PNL afirmam que existe uma conexão entre os processos neurológicos (“neuro-“), a linguagem (linguística) e os padrões comportamentais aprendidos através da experiência (programação), e que estes podem ser alterados para alcançar informações específicas e metas na vida.

Ela faz uma abordagem de comunicação e desenvolvimento pessoal, para a modelagem da excelência humana, de forma que possa ser ensinada e aprendida.

Estudando modelos de sucesso, da excelência e a influência da linguagem sobre os comportamentos humanos.

Veja também o que é Inteligencia Social e entenda porque todos estão investindo nela.

Com base na PNL vou postar 3 dicas que me ajudaram muito a entender as pessoas, e principalmente a entender meus sentimentos e minhas ações.

1 – As pessoas funcionam perfeitamente

Entenda que cada pessoa age perfeitamente dentro daquilo que ela acredita.

Mesmo que você não concorde com o ponto de vista da outra pessoa, ela estará certa dentro da visão dela. O ponto de visto sempre é baseado em crenças, bater de frente com as crenças de alguém é causar conflito.

Tente entender a outra pessoa dentro da perspectiva dela.

Sempre concorde antes de propor a sua opinião, pois aumenta as chances de um consenso ou de até conseguir convencê-la seguir sua opinião.

2 – O Mapa não é o Território, Mapa é mapa

As pessoas respondem à sua experiência, não à realidade em si.

Cada pessoa tem sua visão do mundo, seu próprio mapa. O mapa é formado por suas crenças, valores, experiências e influenciado pelas pessoas com quem mais convive (pais, parentes e amigos).

Todos agem acreditando que estão fazendo a coisa certa naquele momento. Quando discutimos com alguém, sempre achamos que estamos certos. E isso também acontece com a outra pessoa.

O resultado de uma discussão na maioria das vezes é mágoas, ressentimentos e às vezes ódio.

Então vamos a uma técnica que ajuda a resolver muitos conflitos:

Tente entender a outra pessoa, se coloque no lugar dela, mesmo que você rejeite o ponto de vista dela, comece concordando com ela, e depois expresse suas opiniões de maneira não agressiva.

Você pode usar frases do tipo:

“Seu ponto de vista é muito interessante, E poderíamos imaginar quê….”

“Concordo com você, tem razão, E se considerarmos isso…”,

“Sua visão tem muito sentido, E se isso fosse assim…”,

Proponha alternativas, mantendo a opinião dela como a primeira, e vá encaixando outras, sempre fazendo que seja imaginado a consequência de cada alternativa.

3 – As pessoas fazem a melhor escolha que podem no momento:

Todos nós tomamos a melhor decisão no momento com os recursos que enxergamos naquele momento.

Nosso cérebro escolhe a melhor reação que aprendeu para determinado momento.

Você conhece alguém que conversa gritando quando esta nervoso?

Agora imagine uma criança que seus pais tinham o costume de gritar um com o outro durante as brigas em casa.

O cérebro dessa criança aprende que falar alto nos momentos de conflito é um dos melhores tipos de comportamento nestes momentos de stress.

Quando entendemos quê, por traz de cada comportamento existe uma historia que o justifica, passamos a compreender melhor e respeitar o momento de cada pessoa.

Imagine as causas que levam a outra pessoa a fazer o que faz.

Lembre-se que ninguém é tão grande que não possa aprender, e ninguém é tão pequeno que não possa ensinar.

# Type at least 1 character to search # Hit enter to search or ESC to close